Restauração de Cartuchos Antigos – Guia para Iniciantes!

20160120_162659

Hoje em dia é muito comum, para nós colecionadores, nos depararmos com algum cartucho antigo em péssimas condições. Somente quem coleciona sabe a mistura de alegria, ao encontrar um cartucho raro, e tristeza, ao ver que a pequena raridade está tão avariada, que mal dá para identificar o jogo na label.

20160120_19050820160120_190515

 

 

 

 

Aqui no Brasil, os cartuchos chegavam a nossas casas principalmente por meio das locações. É graças as muitas locadoras que existiam, que hoje nós conseguimos encontrar muitos títulos antigos para NES, Mega Drive, SNES, Master system, entre outros, ainda funcionando.

O grande problema é que para controle e segurança no processo das locações, os cartuchos eram envoltos nos mais diversos tipos de fitas adesivas e lacres. Somando- se a isso, os cartuchos acabavam sendo excessivamente manipulados. Quedas, assopros, contato com videogames sujos e suor de centenas de mãos, era o mínimo que cada “fitinha” passava na sua longa vida como um item para locação. Tudo isso deixou muitos cartuchos raros em péssimas condições, algo que visualmente não é agradável para nós colecionadores. Então como resolver esse problema? Como restaurar a gloriosa aparência de um item tão antigo e que têm tanto valor para quem coleciona?

Abaixo vou contar um caso que aconteceu comigo e que representou o marco inicial para eu restaurar cartuchos avariados, ao invés de simplesmente procurar um mais inteiro.

Recentemente consegui dois cartuchos de NES, mas eles estavam em péssimas condições. Um deles era Tartarugas Ninja do Nes e o outro Megaman 6. Ambos originais. Na figura abaixo da pra ter uma ideia da situação:

20160120_171941

Na foto fica bem claro, que pelo aspecto, não vale a pena colocar um cartucho desses na coleção. Mas naquele dia, eu fiquei pensando, em tudo que aquelas pequenas fitas passaram para chegar até ali. Em quantas casas elas já não tinha entrado, quantas crianças elas já não tinham feito sorrir (tá legal, tartaruga ninja 1 talvez nenhuma, é difícil pra C@&%!, e não da pra jogar de 2 players, rs).

De qualquer forma, um dos cartuchos era MEGAMAN 6 e mesmo ele sendo mais fraco que os anteriores, ainda sim é um jogo muito F@¨&!. Foi aí que decidi que iria tentar restaurar os cartuchos. Comprei as fitas, cheguei em casa e fui pesquisar como restaurá-los. Para minha surpresa, encontrei muitos tutorias, alguns aparentemente funcionais, outros não. Selecionei o que achei útil, coloquei em prática e ficou muito bom!

A primeira fita foi a Turtles da Palcom e depois a Megaman 6, que ficou melhor (talvez porque já era a segunda vez que eu estava fazendo). Os resultados podem ser vistos nas imagens abaixo:

20160120_18340220160223_184046

 

 

 

 

 

Depois desses resultados, continuei colocando em prática o que tinha descoberto e hoje não tenho mais aversão de pegar cartuchos muito avariados. Abaixo segue um pequeno tutorial de como faço para restaurar meus cartuchos:

  1. Desmonte o cartucho e lave bem as partes plásticas. No caso dos cartuchos da Nintendo, você vai precisar de uma chave específica para os parafusos, ou poderá usar uma caneta BIC, como eu fiz. Para usar a caneta BIC, você precisa remover o refil e deixar só o tubo plástico. Esquente a ponta do tubo na boca do fogão e quando plástico começar a perder a integridade e derreter, pressione na entrada do parafuso e deixe esfriar. Estranhamente o plástico da caneta derretida esfria, pega o formato do parafuso e não gruda no plástico da fita. Após fazer isso é só retirar os parafusos com a sua nova chave (eu recomendo fazer umas três, pois a “chave” espana fácil):

20160122_103854

2. Após lavar bem a fita, remover lacres e outras sujidades, entre nesse site: http://www.nintandbox.net/index.php/en/. Aqui você poderá fazer o download de várias labels da Nintendo. Também aproveite que você abriu a fita e limpe os contatos com algodão e álcool isopropilico. Se você perceber que está muito ruim, devido à oxidação ou incrustações, vale esfregar bem os contatos com papel sulfite e em último caso, com uma lixa fina.

3. Imprima a etiqueta (label) em uma folha adesiva A4 (você poderá imprimir mais de uma por página). É importante que a impressão seja de qualidade. Uma boa dica: leve o arquivo da label em PDF, para que as dimensões não sejam alteradas no local da impressão.

20160120_172118

4. Com a label em mãos, recorte as laterais em uma prancheta. Para isso eu fixei a mesma em uma prancheta com uma fita dupla face (isso ajuda na hora de passar o filme plástico a seguir):

20160120_172623

5. Com o auxilio de um lápis aplique papel contact sobre a label adesiva:

20160120_17274520160120_172902

 

 

 

 

 

6. Recorte as bordas do contact (com estilete) e aplique a label sobre o cartucho avariado:

20160120_173058

7. Seja feliz e coloque na sua coleção. Agora você não precisa mais ter vergonha de estocar coisas “velhas”, rs:

20160120_18342320160120_183523

 

 

 

 

Em breve estarei de volta com um tutorial de como restaurar os cartuchos de Mega Drive.

RAKS, amante da época de ouro dos VGs.